► TELEFONE (11) 3390-3918 / (19) 3199-6933
WHATSAPP (11) 94006.5245 EMAIL: contato@ionsbenefiicos.com.br 

DEZEMBRO VERMELHO – Prevenção, formas de contágio e sintomas da AIDS

04.12.2019
DEZEMBRO VERMELHO – Prevenção, formas de contágio e sintomas da AIDS

O mês de Dezembro é reconhecido mundialmente por conta da prevenção, conscientização e luta contra a Aids. Essa campanha é importante para termos consciência sobre as formas de contágio, cuidados e tratamentos para a Aids e das infecções sexualmente transmissíveis que causam danos ao sistema imunológico e atacam as células de defesa do corpo, é uma doença infectocontagiosa que ainda não possui cura.

Segundo informações do Ministério da Saúde, a cada 15 minutos uma pessoa se infecta com o vírus no Brasil, estimando-se que 866 mil pessoas vivem com a patologia. Entretanto, algumas pessoas são portadores do vírus HIV mas não possuem Aids, vivendo anos sem desenvolver a doença porém podendo transmitir a outras pessoas.

 

Quais são as formas de contágio?

O vírus causador da Aids está presente no sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno, ou seja, a doença pode ser transmitida de várias formas:

- Sexo sem camisinha

- De mãe infectada para filho durante a gestação, parto ou amamentação.

- Uso da seringa ou agulha contaminada

- Transfusão de sangue contaminado

- Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados.

 

Quais são as formas que não contagiam?

Alguns mitos e tabus devem ser esclarecidos para não ocasionar má entendimento, pois a pessoa infectada com HIV ou que já tenha manifestado a AIDS não transmitem das seguintes formas:

- Sexo, desde que se use corretamente a camisinha

- Beijo no rosto ou na boca

- Suor e lágrima

- Picada de inseto

- Aperto de mão ou abraço

- Sabonete/toalha/lençóis

- Talheres/copos

- Assento de ônibus

- Piscina

- Banheiro

- Doação de sangue

- Pelo ar

 

Quais os sintomas?

Os sintomas iniciais da doença são leves, frequentemente confundidos com um mal-estar passageiro.  Por conta desse motivo é importante realizar o teste para verificar a infecção, pois os sintomas comuns são: febre constante, manchas na pele, calafrios, diarreia constante e perda de peso.

 

Como é feito o diagnóstico?

Quando o tratamento é feito precocemente aumenta a expectativa de vida da pessoa que vive com o vírus, ganhando mais qualidade de vida.

O teste anti-HIV é feito por meio da coleta de sangue ou por fluido oral. Atualmente, o Brasil possui exames laboratoriais e testes rápidos que detectam os anticorpos contra o HIV em 30 minutos. Esses testes podem ser realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de convênios médicos e nos Centros de Testagem e Aconselhamento. Nesse Centros, além da coleta e realização dos testes também existe um processo de aconselhamento para facilitar a interpretação dos resultados pelo usuário. Esses exames podem detectar a infecção em, pelo menos, 30 dias da situação de risco.

É importante que haja a prevenção e a realização dos testes caso esteja em alguma situação de risco para aumentar a qualidade de vida. Alguns planos de saúde possuem  programas específicos para a prevenção, tratamento e acompanhamento da doença, portanto antes de contratar uma operadora deve-se analisar todas as características dos planos, rede, reembolso entre outros fatores.

Sua organização preza pela saúde e pelo bem-estar dos funcionários e também se preocupa com os custos da empresa? A Íons Benefícios possui várias soluções que podem se encaixar perfeitamente no que você precisa! Para mais informações, entre em contato conosco por email ou por telefone: (11) 3132.7748 e agende uma visita.

 

Fonte: Ministério da Saúde

Fonte: Saúde – Abril

Fonte: Drauzio Varella

Filtrar
Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber notícias e informações da Íons Benefícios

Veja também